Em novembro o grupo técnico da NR.34 reuniu-se com representantes dos trabalhadores e Ministério do Trabalho na sede do Sinaval no Rio de Janeiro para fechamento da agenda de trabalho 2015 e a agenda de reuniões para 2016.

Foram delineadas nesse encontro questões importantes para que a saúde e segurança dos trabalhadores não seja esquecida devido a crise que o setor passa. Outro fato importante que também foi discutido no encontro, agenda de trabalho para 2016 não será abandonada. “Precisamos continuar levando e lutando pelo bem estar dos trabalhadores, afinal de contas a NR 34 surgiu para isso, cansamos de assistir trabalhadores sofrendo descaso e más condições de trabalho, chega de pagar com a vida de nossos companheiros ”, cita Edson Carlos Rocha presidente do Sindicato dos trabalhadores de Niterói, membro da Confederação Nacional dos Metalúrgicos e Coordenador da bancada de trabalhadores da Nr.34.

Grupo-de-Trabalho-entre-trabalhadores-estaleiros-e-Ministério-do-Trabalho-define-agenda-para-2016
Reunião do Grupo de Trabalho de relações trabalhistas na construção naval (Foto: Botelho)

 

Marcelo Carvalho, vice presidente de relações institucionais do Sinaval e Coordenador da bancada patronal e equipe técnica da Nr.34 cita que foram anos de muito trabalho e dedicação para que um capitulo ruim do setor apague a importância de uma norma regulamentadora que foi criada por trabalhadores que vivem a verdade e a realidade dos estaleiros e empresas do seto. ”O Sinaval de forma alguma irá abandonar os trabalhos desse grupo, trabalhamos muito e vimos muita coisa por esse Brasil, a NR.34 foi e será um grande marco do nosso setor”, destaca Marcelo Carvalho.

Apesar das turbulências que o atual governo vem passando o Ministério do Trabalho informa que as reuniões da secretaria nacional de inspeção juntamente com a Comissão tripartite paritária permanente CTPP, continuarão a discutir e atualizar as normas regulamentadoras conforme a necessidade da sociedade.

Luiz Carlos Lumbreras, auditor fiscal do ministério do trabalho e coordenador da bancada de governo cita que regulamentações foram feitas para serem respeitadas e atualizadas. ”Nenhuma Nr. é estanque, elas devem ser sempre atualizadas e de forma correta e legal, não estamos mais na era dos ajustes insanos ou simplesmente pensar que elas não existem, o governo sempre estará ao lado da empresa que souber respeitar os valores de saúde e segurança de seus colaboradores”, disse Luiz Carlos.

A agenda 2016 foi elaborada em acordo com as três bancadas e seguirá os seguintes destinos:

1º reunião – dias 23,24 e 25 de Fevereiro de 2016 em Maceió (atendendo um convite da Petrobrás)
2º reunião – dias 17,18 e 19 de Maio de 2016 em Angra dos Reis RJ
3º reunião – dias 16,17 e 18 de Agosto de 2016 em Pernambuco
4º reunião – dias 18,19 e 20 de Outubro de 2016 em Itajaí

O grupo ainda se encontra mais uma vez esse ano, na sede de engenharia da Petrobras para discutirem os impactos das atualizações que a NR.35 sofreu e podem acarretar problemas para a aplicação da Nr.34 em alguns trabalhos, como por exemplo nas plataformas de petróleo.